Construção de marca:

identidade, expressão e valor de mercado

Ronald Kapaz, Designer



VINICIUS SEGUIR
OUTROS PROJETOS DE VINICIUS OSs
OUTROS PROJETOS DESTE CURSO três marcas, um dia-a-dia

O PROJETO

Marca e afeto

29 de Junho de 2017 1 0
As três marcas que me afetam são Adobe, Xbox e Netflix. A primeira porque me proporciona concentração e as duas últimas porque me proporcionam lazer e descontração. São marcas que estão no meu dia a dia e em vários momentos dele, seja no trabalho ou diversão.
O resultado da reflexão sobre o brand driver das 3 marcas resultou que a marca Adobe fala sobre “solidez”, a marca Xbox fala sobre “redenção” e a Netflix sobre “inspiração”. Vou começar com a última.
A Netflix me afeta com inspiração, pois foi a proposta de serviço que me fez enxergar que a produção de qualidade precisa ser reconhecida. Nunca mais fiz downloads de séries indevidamente, fixei apenas nas produções do serviço. O impacto foi tão grande que gosto da maioria dos seriados feitos por eles e, agora, dificilmente sigo outras produções.
A marca Xbox me afeta como “redimido”, pois suas ações para o lançamento do Xbox One em 2012 fechavam muito o mercado para as produções independentes e focava uma comercialização agressiva e predatória. Um ano depois, já no lançamento do produto, percebendo o erro do anúncio no ano anterior, trabalharam para corrigir os erros de um marketing que não cabe mais nos dias de hoje, e não parou por aí. Hoje possui um vasto leque de empresas indies que trabalham junto com a marca, inovam cada vez mais na experiência da interface e sempre estão recriando formas estratégias que conectam mais jogadores na sua plataforma. Outro fator importante é que a Microsoft instalou uma montadora no Brasil, proporcionando empregos e abrindo a possibilidade da expansão do mercado nacional de videogames.
Por fim a marca Adobe. O site da empresa, com suas cores fechadas e pouca colunagem transmitem firmeza e solidez nos produtos que oferecem. A estabilidade dos softwares e a constante atualização permitem um bom desempenho e otimizam a produção em design. Esta experiência positiva no estresse do trabalho facilita o fluxo de desempenho e geram um afeto favorável aos produtos desta empresa.
Quanto a conexão do brand driver entre estética e ética, verifico que a marca Netflix cria, por pregnancia da forma, o desenho de uma ponte. Infere também a uma cortina de cinema ou de um teatro, prestes a abrir para mostrar o espetáculo. O alinhamento no topo e a curva abaixo na tipografia indicam, para mim, respectivamente, um nivelamento do seu conteúdo em concomitância com a ascensão de suas produções. Uma ascensão global pode ser interpretada também, uma vez que a marca aparenta estar saindo por de traz do globo.
A leitura do logotipo do Xbox indica, para mim, o planeta marcado com um ferrete de X. A profundidade desenhada na marca indica o quanto ela quer atingir dentro de nós, a ponto de querer atingir nossas almas. Chega a ser visceral. O X ainda "abraça" toda o globo, indicando uma forte aliança da comunidade. O verde indica simbolicamente a abertura, o avanço, o “pode vir” e "vá em frente".
Já a marca Adobe, com suas cores moderadas, duras e formas quadradas indicam muita solidez, confiança e seriedade. Portanto, verifica-se a consistência das marcas tanto estética e eticamente, pois sua ressonância no ambiente onde estão inseridas são compatíveis.
Como últimas considerações a marca Xbox atende, além das descrições acima, o sentimento real do gamer: “perante o concorrente, marcamos mais, somos sólidos com nossos valores e nossos fans, abrimos caminho para o novo olhar para a comunidade gamer. E não importa que não tenhamos os games exclusivos tradicionais, temos uma rede sólida e global de gamers que querem desafio on-line. Somos um só”. Em outras palavras, a essência marca o conceito de "competição" na alma de quem os possui. A Netflix, que nos possibilita escolher o que queremos assistir (dentro de seus limites, é claro), onde e quando quisermos. Muita das vezes assiste-se em horários de relaxamento, nada melhor do que o vermelho para uma pequena introdução a ação, ativando os sensores emocionais para uma melhor imersão na história escolhida. E a marca Adobe, uma das minhas preferidas. O próprio nome já indica a construção de algo grandioso. O favorecimento da letra "A" indicando a pirâmide, inferindo base sólida e direcionamento para o alto, ajudam na construção da comunicação da marca. Em ambientes corporativos onde a precisão é uma qualidade indispensável, ela se faz confiável apenas por sua estética. O bom serviço e a forma como os softwares conversam entre si fortalecem ainda mais a experiência da equipe de trabalho com a marca.


O que você achou deste projeto?

Deixe aqui a sua mensagem