Design estratégico:

posicionamento e arquitetura de marca

Gian Franco Rocchiccioli, Designer



PÂMELA SEGUIR
OUTROS PROJETOS DE PÂMELA Pedro Tati Art
OUTROS PROJETOS DESTE CURSO SH Natura - Revendedor autorizado

O PROJETO

Pedro Tati Art

28 de Maio de 2017 1 0
Criação da identidade verbal e visual da marca

Antes da iniciação deste plano não existia Pedro Tati Art, mas sim duas diferentes formas de chamar este negócio que se concretizavam e se registravam nas mídias sociais em que se faziam presente. Eram elas: “Traços de Pedro Tati” e “Pedro Tati Arte”.

Em vista de criar uma identidade coerente com os objetivos do negócio é necessário construir uma identidade verbal e visual que atenda ao propósito, essência e posicionamento da marca.

Nome ou “Naming”: a identidade verbal da marca

Segundo Joan Costa (apud Cameira, 2016), uma marca é um signo sensível composto por aspectos visuais e verbais. Para ele o aspecto verbal é o que dá sentido e marca a existência da marca, pois “o que não se pode denominar não existe”. Nesta linha de pensamento complementa Wheeler (2012), “um nome bem escolhido é um ativo de marca fundamental e está sempre trabalhando”, por esse motivo, precisa ser de fácil entendimento, pronunciação e memorização.

Com base nisso e no contexto em que se encontra a Pedro Tati Art antes do início deste trabalho, identificamos que não existia marca, pois não existia nome. Não existia uma identidade.

A fim de atender ao objetivo deste plano de construção de marca, em parceria com o artista foram definidas duas marcas totalmente interrelacionadas e que pretendem caminhar juntas com mesmo posicionamento e valor. São elas: Pedro Tati e Pedro Tati Art. A primeira, aquela que se manifesta como do artista, em suas assinaturas; a segunda, por sua vez, aquela que se manifesta nas diferentes mídias, principalmente digitais, como significado da presença do artista no meio.

A primeira, definiu-se de maneira bastante simples, pois precisava ser a assinatura do artista, que por sua vez, não têm como intenção utilizar-se de pseudônimos ou qualquer outro registro que não seja seu próprio nome.

A segunda definiu-se mediante o desejo do artista de manter sua comunicação enquanto pessoa física e enquanto pessoa jurídica separadas. De forma prática, isto significa que Pedro deseja manter diferentes mídias digitais para atender suas necessidades pessoais e de negócios. Assim começou o processo de definição de uma segunda marca, aquela que se manifestaria nas mídias digitais, carregando sua arte para além das fronteiras do mundo físico e das assinaturas nas obras.

Até aquele momento havia duas diferentes propostas “Traços de Pedro Tati” e “Pedro Tati Arte” que se materializavam em diferentes mídias digitais, Facebook e Instagram respectivamente. Analisando-as de forma comparativa aos objetivos do artista e as possibilidades de expansão do negócio chegou-se a proposta Pedro Tati Art, que carrega o nome do artista “Pedro Tati” e o termo “Art” (Arte, em inglês), que propõe uma clara identificação acerca de sua proposta de negócio além de ser de fácil pronúncia, memorização e entendimento devido a proximidade fonética e escrita ao termo “arte”.

Design: a identidade visual da marca

O aspecto visual da marca, afirma Costa (apud Cameira, 2016), tem como função posicioná-la no espaço visual para que esta se torne conhecida por além do espaço audível, onde o nome cumpre sua função. No entanto, este trabalho não tem como função construir a proposta da marca em seu espaço visual, mas sim fornecer se não todas, a maior parte das informações necessárias para que a materialização da marca Pedro Tati Art no espaço visual reflita sua essência, proposta de valor e posicionamento.

Segundo Marco Antônio Rezende (apud Cameira 2016), ex-diretor do escritório de design Cauduro/Martino – de notável importância na “história e no cenário do campo da identidade visual no Brasil” na década de 60 –, este o processo de construção e desenvolvimento de uma identidade visual divide-se em quatro grandes etapas: pesquisa e definição de diretrizes, criação da nova linguagem visual, desenvolvimento de novas mensagens visuais e normalização e padronização da identidade visual criada.

Assim, toda a proposta estratégica contida neste documento deve ser utilizada como material de pesquisa e de definição de diretrizes que sirvam de embasamento para a criação de uma linguagem e mensagens visuais que a materializem no espaço visual suportando-a estrategicamente em sua execução e eficácia.

(Trecho do TCC em construção Estratégia de Marca para a Pedro Tati Art)


O que você achou deste projeto?

Deixe aqui a sua mensagem