Fotografia com iPhone:

dicas e apps para se destacar no Instagram

Paulo del Valle, Fotógrafo



JOÃO GETULIO SEGUIR
OUTROS PROJETOS DE JOÃO GETULIO VIVA GONZAGA!
OUTROS PROJETOS DESTE CURSO Ponto de Vista

O PROJETO

RETRATOS DE TERRA, CÉU, MAR E UMA DANÇA CÓSMICA

30 de Agosto de 2017 1 0
Como recomendou o professor, estas fotos precisaram de muita paciência e espera para o momento certo. Nem sempre dá certo nas primeiras tentativas, é preciso estar atento para capturar o momento, esperar as melhores condições de tempo e lugar. E nem os resultados ideais foram alcançados, o que requer a continuidade das tentativas. De qualquer modo, aí vão as fotos. A fotografia 1 foi feita com o HDR. Gostei bastante do realce do resultado dos raios de sol atravessando as placas de madeira da ponte, formando vários raios paralelos na parte esquerda da imagem; tal detalhe fica bastante prejudicado sem o HDR.
As fotografias de longa exposição e de movimento (2 e 3) foram tiradas no mesmo cenário. Destaque para o movimento congelado da onda batendo nas pedras durante a maré cheia, o que deu um efeito bastante dramático. A fotografia de longa exposição foi a que mais deu trabalho, já que não foi usado tripé ou qualquer outro dispositivo que fixasse a câmera; o resultado não foi dos melhores, mas fica a lição para as próximas.
A fotografia 4 mostra o bokeh, com o foco manual. Não sei se ficou bem focalizado o primeiro plano da árvore.
Finalmente a fotografia 5 mostra o pôr-do-sol, mas não um pôr-do-sol qualquer: foi tirada no dia 21 de agosto de 2017, durante o eclipse solar que maravilhou vários lugares do mundo. No Brasil, o fenômeno foi parcial, e a cidade de Fortaleza foi um dos melhores locais para vê-lo no país, com 40% de obscuração às 17:13h. A foto é de aproximadamente 17:30, poucos minutos antes do sol descer por completo no horizonte numa poesia celeste, balé raro e lindo com a lua nova que se iniciava.


O que você achou deste projeto?

Deixe aqui a sua mensagem