Minha Conta

Menu

Área do Cliente

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Jornada Empreendedores Culturais

Para quem sonha em tirar os projetos do papel

Presentar

O que você vai aprender:

Você é apaixonado por arte e tem milhares de ideias para projetos culturais, mas não sabe como tirá-los do papel?

Sonha em colocar tudo isso em prática e impactar o mundo com suas ideias? Então essa é a jornada certa para você! 

A Saibalá reuniu especialistas que assim como você, são apaixonados pelo o que fazem, e vão compartilhar suas experiências em transformar uma ideia em um negócio rentável para você viver do que ama.

Você vai ter acesso ao passo a passo de como transformar mesmo suas ideias mais ousadas em realidade (levando em conta tanto a técnica, quanto a elaboração de projetos, captação de recursos e produção). 

Apresentando…

A Jornada Empreendedores Culturais

Selecionamos um roteiro de cursos muito bem pensado para você ficar por dentro do bê-a-bá e das ferramentas necessárias para a realizar seus projetos.

Um guia completo para quem deseja empreender no mundo artístico, começando do zero:

  • Como criar uma identidade marcante para o seu projeto
  • Quais são as etapas de desenvolvimento
  • Planejamento fácil mesmo se você odeia planilhas e tabelas
  • Desafios da execução
  • Como captar recursos e realizar seus projetos
  • Ferramentas para promover seu projeto com criatividade e chamar atenção

Conheça a rotina de profissionais que já trabalham há anos nessa área e sabem o que funciona e o que não funciona.

A Jornada de Empreendedores Culturais, foi feita para você, que deseja tirar seu projeto do papel e começar a viver do que ama

Para quem?

ARTISTAS URBANOS:

Para quem desenvolve arte urbana e sabe a importância da arte em locais públicos.

PRODUTORES:

Para produtores que querem realizar ideias de impacto aprendendo com referências do mercado.

DESIGNERS

Os designers sempre estão em contato com a criação de peças gráficas e projetos visuais. O curso os ajudará a construir soluções criativas e superar o obstáculo do famoso ''bloqueio criativo''.

Veja o que nossos alunos falam

Jornada Empreendedores Culturais

Para quem sonha em tirar os projetos do papel

Presentar

Conheça os professores:

Ricardo Tatoo

Paulistano, formado em desenho industrial e pós graduado em direção de arte, Ricardo Tatoo, como é conhecido, foi um dos primeiros artistas a atuar com o “stencil-grafitti” no Brasil.

Já teve seu trabalho exibido em galerias de arte e em intervenções públicas e privadas do Brasil e da Europa, e acredita que a revolução vem pela educação, direcionando sua arte para o contexto social. Como diretor de arte, desenvolveu a linguagem visual de campanhas, desfiles, eventos e marcas importantes de moda, como a grife Cavalera.

Mario Narita

Mario Narita possui MBA pela Berlin School em Creative Leadership, formado em Propaganda e Publicidade na ECA/USP, recebeu uma bolsa de estudos no Japão pela Japan Package Design Association e trabalhou em grandes agências como: Norton, Alcântara Machado Periscinoto, Proeme, DPZ, SAO e MPM. No início de 1998, abriu a sua própria agência e ao longo da sua trajetória construiu um portfolio de inquestionável respeito.

Daniele Torres

Daniele Torres é museóloga, com pós-graduação em história da arte, gestão cultural e comunicação empresarial. Ao longo de sua carreira especializou-se nas leis de incentivos fiscais, na gestão de equipamentos e ONGs culturais, no planejamento estratégico e na captação de recursos.

Foi coordenadora de projetos culturais da Fundação CSN e gestora de patrocínios da VALE. É sócia da Companhia da Cultura desde 2004, além de professora e coordenadora no Cultura e Mercado desde 2013. Membro do júri do Prêmio ABERJE de Comunicação Empresarial 2015 e 2016, leciona também para a Escola Aberta do Terceiro Setor e para o SENAC-SP. Atualmente é também diretora-gerente, estatutária, do Instituto AES.

Ronald Kapaz

“É na forma do objeto que se revela o conteúdo do sujeito.”

Ao longo de 40 anos de prática profissional, pude vivenciar dois importante ciclos de aprendizagem pessoal. Nos primeiros 20, experimentei e aprendi quase tudo que o Design pode fazer enquando tangibilizador de conceitos e ideias em forma. Nos outros 20, tive a felicidade de conviver com as mais iluminadas cabeças de empreendedores brasileiros, avançando no aprendizado da necessidade e potência do que vem antes do Design: a clara compreensão da identidade, visão e propósito de empresas e serviços. Hoje, tenho uma clara visão da força do Design como modo de pensar e agir no mundo, e da beleza que é poder desenhar com a cabeça e pensar com as mãos. Ponto, linha e plano continuam meus amigos de toda a vida, e ganham nova potência quando combinados com estratégia, onde desenhamos pontos de vista, linhas de raciocínio e planos de ação.

Ronald é Designer gráfico, formado em arquitetura pela FAU. Em 1979, junto com mais dois colegas de faculdade, fundou a Oz Design. O escritório, já premiado diversas vezes tanto nacional quanto internacionalmente, desenvolve estratégias através do Design, combinando os valores da experiência acumulada com a inquietação do espírito inovador.
Em 2020 deixou a Oz, e fundou a Playgroundlab

André Rabanea

André foi para Lisboa com 21 anos para passar 3 meses e acabou ficando 10 anos, fundou a Torke, que foi a mais premiada agência de marketing de guerrilha do mundo, neste período foi júri dos principais festivais de criatividade incluindo Cannes, D&AD, EL OJO… Considerado um empreendedor serial, já teve mais de 10 empresas nas áreas de inovação, disrupção e criatividade espalhadas pelo globo (Brasil, Portugal, Turquia, Bélgica e Qatar).

Em 2014 criou junto da Torkecc a metodologia IDEATORS, que foi validada pela Harvard University no ano passado, foi descrita pela instituição como uma “evolução do design thinking.”
Hoje está focado em levar a metodologia Ideators para pessoas e empresas que buscam serem mais criativos através de jogos e co-criação.

Para conhecer mais trabalhos do André Rabanea, confira:
@rabanea

Luís Alt

Sou fundador e um dos responsáveis pela operação brasileira da Livework, a primeira consultoria de Design de Serviço do mundo, criada em Londres em 2001. Concebi o primeiro curso de Design Thinking da América Latina, ativo até hoje no Centro de Inovação e Criatividade da ESPM São Paulo. Escrevi o best-seller Design Thinking Brasil, o primeiro livro sobre o assunto escrito em português. Sou também um dos fundadores do capítulo brasileiro da Service Design Network, rede global de Design de Serviço, para a qual tenho servido como jurado do seu prêmio anual, Service Design Award, desde 2017. Desde 2018 estou no júri do Brasil Design Award organizado pela ABEDESIGN. Escrevo, ensino e falo sobre como inovar e prestar melhores serviços por meio do Design em português, espanhol e inglês pelo mundo.

Para conhecer mais os trabalhos do Luís Alt, acesse: https://luisalt.com/

Fred Gelli

Fred Gelli é cofundador e CEO da Tátil Design, consultoria estratégica que usa o design para criar conexões sustentáveis ​​entre pessoas e marcas, como Coca-Cola, Netflix, P&G, Natura e TIM.

Ao longo de sua trajetória de 30 anos, ele coletou mais de 100 prêmios nacionais e internacionais, incluindo: iF Design Award, IDEA USA, D&AD e Cannes Lions. Participou como jurado em alguns dos mais importantes prêmios internacionais de design, como D&AD (2007), 55th Cannes Lions (2008) e Jury President no Dubai Lynx International Festival of Creativity (2016).

Sua mais recente conquista foi projetar as marcas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 ™ e ser Diretor de Criação das Cerimônias Paraolímpicas de Abertura e Encerramento do Rio 2016 ™.

Em 2016 foi homenageado como comandante da Ordem do Mérito Cultural pelo Ministério da Cultura e premiado com Design Profissional pela ABP – Associação Brasileira de Publicidade. No mesmo ano, também foi considerado pela Design Week um dos 10 Designers Mais Influentes do Mundo.
Em 2014, Fred foi incluído no ranking da Fast Company das 100 Mais Criativas do mundo e a Tátil foi uma das 10 empresas mais inovadoras da América do Sul.

Há 18 anos, Gelli leciona Ecodesign e Biomimética na PUC Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.
Palestrante em diversos congressos nacionais e internacionais relacionados a Design, Branding e Sustentabilidade

Para conhecer mais trabalhos do Fred Gelli e Tátil Design, confira: https://tatil.com.br/

Baixo Ribeiro

Baixo Ribeiro estudou arquitetura e urbanismo na FAUUSP (1982-86). Em 2003 fundou a Editora e Galeria Choque Cultural e tem promovido com sucesso cena da Arte Urbana no Brasil e no mundo.

Trabalha regularmente, como curador de programas de residências, vivências, seminários, intervenções urbanas e exposições no Brasil e fora, em associações com instituições, como MASP, MINC, USP, APEX, CCBB, CCBNB, SESC entre outras.

Em 2012 recebeu o Prêmio APCA (prêmio ‘revelação’ Stephan Doitschinoff, na Exposição “De Dentro Para Fora”, no MASP, São Paulo). Em 2013, o Instituto Choque Cultural foi indicado para o Prêmio Governador do Estado, como Melhor Instituição Cultural. Em 2015, o Instituto Choque Cultural recebeu o Prêmio Melhor Tecnologia Social para o Ambiente Urbano da Fundação Banco do Brasil.

Cris Olivieri

Advogada com especialização em Gestão de Processos Comunicacionais e Culturais pela ECA-USP e Mestrado em política cultural pela ECA-USP. Master em Administração das Artes pela Universidade de Boston (USA), com bolsa Virtuose do Ministério da Cultura.

Diretora da Olivieri e Associados Advocacia, atuando na área de consultoria para cultura, comunicação e entretenimento há 30 anos. Co-autora do Guia Brasileiro de Produção Cultural, editado desde 2007, e última edição “Cidades” em 2016, e autora do livro “Cultura Neoliberal – Leis de incentivo como política pública de cultura”. Integrante do Fórum Brasileiro de Direitos Culturais e da Comissão das Artes da OAB/SP.

Heloísa Neves

Co-fundadora da We Fab, cujo objetivo é o de impulsionar e conectar a cultura maker com empresas, adaptando o conceito de Fab Labs e Makerspaces a este contexto. É membro da rede internacional de Fab Labs desde 2012 quando se graduou pelo Fab Academy no Fab Lab Barcelona. Colaborou com Fab Labs europeus, além de ser uma das responsáveis pela implementação da rede Fab Lab no Brasil. Desde seu doutorado em Design pela FAU – USP dedica-se a entender como o movimento maker poderia se aprofundar em metodologias e práticas como Prototipagem, Colaboração e Agilidade aplicadas à mudança de ‘mindset’ e criação de novos produtos e serviços para grandes empresas. Heloisa é professora do Insper, possui livros e artigos sobre o assunto e foi palestrante do Ted-X falando sobre a cultura maker.

Gustavo Greco

Gustavo Greco é sócio e diretor de criação da Greco Design, com atuação nas áreas de identidade visual, sinalização e projetos editoriais. Em pouco espaço de tempo a empresa se tornou uma das mais premiadas do Brasil.

Gustavo atua também na área acadêmica, como professor do curso de Pós-Graduação em Gestão de Marcas do IEC – Instituto de Educação Continuada PUC MG, e se dedica a iniciativas de difusão do design na sociedade brasileira, integrando a direção nacional da Abedesign.

É jurado frequente de premiações no Brasil e no exterior e, sob sua direção de criação, a Greco participou das últimas edições da Bienal Nacional de Design Gráfico (ADG Brasil) sendo destaque no ano de 2013.

Para conhecer mais trabalhos realizados pelo escritório da Greco Design, confira: https://grecodesign.com.br/
E para conferir todos os prêmios já recebidos pelo escritório na direção do Gustavo Greco, acesse: https://grecodesign.com.br/sobre/

Preparamos uma Jornada com vários cursos para você desenvolver o seu olhar artístico!

Tudo o que você vai aprender:

Confira tudo o que você vai aprender:

    Aprenda a se conectar emocionalmente com o seu consumidor e cultivar clientes apaixonados pela sua marca.

  • Aprenda os 4 pilares do processo límbico através dos cases da Ambev, Dona Benta, Quaker, entre outros;
  • Conhecer um pouco do Parque de La Memoria, projeto feito para lembrar e homenagear os desaparecidos durante o período ditatorial na Argentina. É um museu a céu aberto com grandes obras de arte que transformam esse espaço em um dos principais memoriais da América Latina;
  • A função social de um fotógrafo.

    Muito mais que um logotipo, aprenda a criar uma marca memorável

  • Todos os conceitos e o passo a passo por trás da criação de uma marca;
  • Será que você está se comunicando com o seu consumidor da maneira certa?;
  • Aprenda a agir e interagir com o público de maneira assertiva.

    Descubra como aumentar o valor da sua empresa trabalhando no desenvolvimento da sua identidade e expressão da sua marca.

  • Gustavo Greco, sócio e diretor de criação da Greco Design, uma das empresas mais premiadas do Brasil, compartilha os principais marcos da sua carreira;
  • Fundamentos para construção de uma identidade visual marcante;
  • Como trabalhar o posicionamento da marca, produto ou serviço perante os diferentes públicos.

    Como aproveitar diferentes plataformas para propagar ideias e criações de forma fácil

  • Processo de criação de um grafite;
  • A arte urbana como manifestação democrática;
  • A diferença entre pichação e grafite;
  • Passo a passo do processo de pintura;
  • Precificação do trabalho.

    Como a arte pode transformar lugares

  • Baixo Ribeiro, fundador da editora e galeria Choque Cultural, compartilha sua visão sobre o papel da arte na construção de um espaço público melhor;
  • O papel de museus e outras instituições artísticas na melhoria das cidades;
  • Distinções entre graffiti e grafite, reflexões sobre a flexibilidade dos espaços públicos e privados, explicação sobre as diversas linguagens que compõem o quadro contemporâneo da arte urbana.

    A organização por trás de grandes projetos culturais

  • Etapas de execução;
  • Como organizar um bom projeto cultural;
  • Saber qual a proposta que a empresa contratante precisa representar serve como guia na hora de escrever o projeto.

    Como funciona o processo de captação de recursos para um projeto cultural

  • Elaboração do projeto e recursos necessários;
  • Como se dá o processo de captação de recursos: etapas fundamentais para seu desenvolvimento;
  • Como adequar o seu discurso e qual ênfase dar no seu projeto, dependendo da área em que ele será analisado;
  • Fidelização de patrocinadores.

    Como criar um laboratório de fabricação digital

  • Tudo o que você precisa saber sobre a criação de uma FAB LAB;
  • A origem dos Fabs Labs;
  • Os passos necessários para quem decide criar um Fab Lab;

    Como começar a desenhar e fabricar seus objetos

  • Os 3 pilares de um FAB LAB: faça você mesmo, colaboração e autonomia;
  • Passo a passo para construir objetos como robôs, brinquedos, adesivos etc;
  • Começar a criar algo mais complexo e que envolva mais de uma tecnologia. Ou seja, um projeto que saia inteirinho de sua cabeça e que possa ser materializado num Fab Lab ou Makerspace.

    Aprenda com André Rabanea a metodologia Ideators, validada e descrita como “revolução do Design Thinking” pela universidade de Harvard.

  • Como realizar divulgações gigantescas sem investir a verba requerida por veículos de mídias tradicionais;
  • Como fugir do senso comum e atingir os melhores resultados possíveis;
  • Acompanhe as ideias por trás de cases realizados para os canais FOX, Kibon, Rexona, Peugeot, Câmara de Lisboa, entre outros.

    Aprenda com Luis Alt, Fundador da Livework no Brasil, a primeira consultoria de Design de Serviço do mundo, como desenvolver soluções criativas e aumentar os resultados da empresa.

  • Aprenda com Luis Alt, criador do primeiro curso de Design Thinking da América Latina na ESPM e também autor do best seller Design Thinking Brasil, tudo o que você precisa saber sobre Design Thinking;
  • Como organizar insights e estimular a criatividade para desenvolver novas soluções;
  • Experimentação: Descobrir os erros e a viabilidade do projeto logo no início é essencial para evitar gastos desnecessários e feedback negativo do público-alvo ao qual se destina o produto ou serviço.

    Saiba mais sobre a ciência que enxerga os fenômenos da natureza como fontes de inspiração para a criatividade.

  • Fred Gelli traz cases de grandes marcas com as quais já trabalhou como Coca-Cola, Netflix, P&G e Natura, utilizando o design para criar conexões mais sustentáveis;
  • Aprender com a natureza funcionalidades inovadoras e capazes de sobreviver a um ambiente de mercado cujas crescentes adversidades exigem constante transformação e adaptação;
  • Abordar no Marketing um novo pensamento que saiba entrelaçar a dinâmica dos novos tempos com os atributos da marca.

Aproveite!

de: R$1.548 por: R$599

Veja quanto você está economizando

Valor original dos cursos que compõem a jornada

  • Identidade visual e o processo límbico: a conexão emotiva entre marcas e consumidores
    R$ 149
  • Construção de marca: identidade, expressão e valor de mercado Muito mais que um logotipo, aprenda a criar uma marca memorável
    R$ 149
  • Identidade visual: construção e expressão da imagem de uma marca
    R$ 149
  • Grafite Stencil: arte urbana para todos
    R$ 119
  • Arte urbana e ativismo: transformando espaços públicos através da arte
    R$ 75
  • Projetos Culturais: planejamento para iniciantes
    R$ 129
  • Captação de recursos: projetos culturais
    R$ 75
  • Marketing de Guerrilha: ideias disruptivas que geram muito mais
    R$ 179
  • Design Thinking: uma abordagem para criar soluções relevantes
    R$ 149
  • Cultura maker : mão na massa no Fab Lab
    R$ 0,5
  • Cultura maker : como criar um Fab Lab
    R$ 225
  • A natureza da inovação: biomimética para marcas e negócios do futuro
    R$ 149

Total: R$1.548 Pague apenas R$599

Não gostou do curso?

Se pedir reembolso nos primeiros
7 dias, devolvemos seu dinheiro

Jornada Empreendedores Culturais

Para quem sonha em tirar os projetos do papel

Presentar