Projetos culturais:

planejamento para iniciantes

Cris Olivieri, Advogada



JOÃO GETULIO SEGUIR
OUTROS PROJETOS DE JOÃO GETULIO VIVA GONZAGA!
OUTROS PROJETOS DESTE CURSO VIVA GONZAGA!

O PROJETO

VIVA GONZAGA!

08 de Feveiro de 2018 0 0
FESTA JUNINA: ARRAIÁ VIVA GONZAGA!

“Olha pro céu, meu amor, vê como ele está lindo...” Festa junina autenticamente nordestina chamada “VIVA GONZAGA!”, a ser realizada preferencialmente em um sítio perto da cidade, no mês de junho, preferencialmente em noite de lua cheia, com muito baião, forró pé-de-serra, xote, xaxado, quadrilha e o melhor da música nordestina de raiz, numa bela homenagem ao eterno Rei do Baião, o cantor Luiz Gonzaga.

Nesta festa, não somente haverá som mecânico com a tradicional decoração junina de bandeirolas e fogueira, mas sim uma verdadeira experiência cultural. Além de literatura de cordel e artesanato, haverá um conjunto musical com os instrumentos típicos (apenas zabumba, triângulo e sanfona); apresentação de uma legítima quadrilha, comidas e bebidas típicas, decoração detalhada e feita com capricho para que os frequentadores se sintam dentro de um salão de festas no interior do Nordeste.

Justificativa

Esta festa junina é voltada para o público que mora no sul/sudeste do Brasil, que não possuem vivência nos costumes e tradições nordestinos, e nem sempre têm a oportunidade de mergulhar numa experiência cultural deste tipo.

A música nordestina de raiz quase sempre é desconhecida por este público, principalmente o mais urbano. Muitos somente ouviram falar no nome de Luiz Gonzaga, sem saber a fundo sobre sua poesia brejeira das dores e delícias do sertão. Muito além da “Asa Branca”, esta festa junina trará aos ouvidos do público as melhores composições de grandes parceiros de Luiz Gonzaga, como Humberto Teixeira, Zé Dantas, José Marcolino, Nelson Valença, Onildo Almeida e tantos outros.

Pernambucano nascido na cidade de Exu em 1912, Luiz Gonzaga foi talvez o maior poeta popular que o nordeste do Brasil teve durante o século XX. Amado pelo povo, teve uma carreira prolífica, com altos e baixos, mas construiu seu nome e fez história dando voz a canções inesquecíveis do cancioneiro popular. Seus sucessos transcendem a música regional, sendo gravados por artistas dos mais variados estilos. Dentre seus maiores sucessos, “Asa Branca”, “Cintura Fina”, “Qui nem Jiló”, “Assum Preto”, “Respeita Januário”, “Paraíba”, “Olha pro Céu”, “O Xote das Meninas”, “Riacho do Navio”, “A Feira de Caruaru”, “A Vida do Viajante”, “Pagode Russo”, “No Ceará não tem disso não”, e muitas outras. Morreu em 1989, e nunca mais foi esquecido.

***ATENÇÃO: AS IMAGENS QUE SÃO VISTAS LOGO ABAIXO FORAM RETIRADAS DA INTERNET E SÃO MERAMENTE ILUSTRATIVAS***


O que você achou deste projeto?

Deixe aqui a sua mensagem