Minha Conta

Menu

Área do Cliente

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

Design Gráfico

exercícios para elaboração de linguagem visual
Presentar
Categoria:

Transforme seu aprendizado em uma jornada!

Os cursos da Saibalá foram organizados em um formato mais completo e engajador. Conheça a nossa jornada de aprendizado.

O mercado de cursos oferece hoje uma ampla gama de opções para quem procura especialização. Mas como fazer a melhor escolha para seu tempo e investimento? Com o objetivo de oferecer uma experiência de ensino mais completa e engajadora, a Saibalá reuniu seus cursos em unidades interconectadas.

Nasceram, assim, as jornadas de aprendizado. Desenvolvidas com técnicas inovadoras, as nossas jornadas são comandadas por profissionais experientes e treinados para oferecer uma visão ampla e objetiva sobre sua área de interesse, com o dinamismo que você precisa.

Impulsione sua carreira com conteúdo de alta qualidade e um formato adaptado à sua rotina!

O que você vai aprender:

Conclua o curso e aprimore suas habilidades para lidar com o processo de criação do Designer

Gustavo Piqueira, criador da Casa Rex, introduz um verdadeiro guia de sobrevivência para um designer gráfico. Lançando como desafio a elaboração da capa de um livro como produto, Piqueira propõe a realização de nove exercícios, para que você lide com a experiência de enfrentar situações comuns ao cotidiano profissional.
O curso é dividido em 10 aulas que simulam o comportamento de clientes, expondo briefings e estipulando parâmetros e abordagens que te incentivarão a encontrar soluções para pedidos absurdos, prazos apertados e limitações de orçamento.

– Veja como Piqueira enxerga o design gráfico em termos de abordagem de trabalho, através de questões como metodologias de raciocínio e áreas de desenvolvimento profissional de um designer;
– Saiba como funciona a dinâmica da subjetividade do autor na criação. Quanto da visão do designer pode ser colocado em um projeto de outra pessoa? Como isso funciona em briefings muito delimitados?
– Entenda por que condições adversas – como pedidos não ideais de clientes e limitações técnicas dos mais diversos tipos – podem ser encaradas como uma parte natural do processo de criação, e não como obstáculos;
– Descubra como é possível encontrar ganchos visuais e soluções gráficas interessantes em clichês e processos de produção fora do padrão;
– Confira por que nem sempre o público alvo de um produto deveria guiar sua criação, e por que as referências de um designer gráfico não deveriam ser apenas visuais;

Para quem?

O curso aborda como aprimorar habilidades que facilitem o processo de criação de um projeto gráfico. Desde questões subjetivas existentes no momento da criação até o processo de referências, que nem sempre precisam ser visuais.  O curso ajudará a desenvolver processos que fogem dos padrões para o desenvolvimento de soluções visuais interessantes.

Designers

Os designers sempre estão em contato com a criação de peças gráficas e projetos visuais. O curso os ajudará a construir soluções criativas e superar o obstáculo do famoso ''bloqueio criativo''.

Artes Visuais

Profissionais que atuam com Artes Visuais e criam projetos em forma de desenhos, vídeos, fotografias e gravuras, por exemplo. O curso os ajudará a desenvolver outra percepção sobre os projetos visuais e a lidar com as adversidades que podem aparecer durante o processo criativo.

Veja o que nossos alunos falam

Conheça o professor

Gustavo Piqueira

“Tornei-me designer gráfico quando entendi que ser designer significa ser responsável pela elaboração da linguagem visual de quase tudo. Percebi aí a oportunidade que eu teria de, através do meu trabalho, viver diversos mundos, conversar com diversas pessoas, e inserir a minha visão pessoal em diversos projetos.”

À frente da Casa Rex, Gustavo Piqueira já recebeu mais de 500 prêmios internacionais de design gráfico. Sua vasta área de atuação é reflexo do modo como enxerga design: como um diálogo. Quanto mais se dialoga, mais rica torna-se a experiência profissional. Como frutos dessa postura, assistimos não apenas seu livre trânsito por todas as áreas do design gráfico, mas também a remoção das habituais fronteiras da profissão, expandindo sua atuação por ilustrações, objetos, tipografia e culminando nos 30 livros de sua autoria já publicados (que você pode conhecer clicando aqui), todos marcados pela livre mistura entre design, história, arte e literatura.

A Casa Rex já foi reconhecida, consecutivas vezes, como a melhor agência de design brasileira.

PREPARAMOS UM CURSO QUE ABORDA DE FORMA PRÁTICA AS ETAPAS DO DESIGN GRÁFICO

Confira tudo o que você vai aprender

Confira tudo o que você vai aprender:

DESIGN GRÁFICO: exercícios para elaboração de linguagem visual

Se você se interessa por design gráfico e busca aprimorar suas habilidades para lidar com o processo de criação que envolve a profissão, este é o seu curso.O curso é dividido em 10 aulas que simulam o comportamento de clientes, expondo briefings e estipulando parâmetros e abordagens que te incentivarão a encontrar soluções para pedidos absurdos, prazos apertados e limitações de orçamento.

  • Gustavo Piqueira mostra que o design não se resume a uma única metodologia. Introduz o projeto destinado a instigar a prática de diferentes abordagens de criação durante o curso, e apresenta o primeiro exercício: a produção da capa de um livro para o conto “Um coração simples” de Flaubert, seguindo os parâmetros tradicionais de um briefing de design.
  • O design gráfico pode funcionar como um diálogo entre o designer e o projeto, pela inserção da subjetividade de cada um. O segundo exercício propõe a produção de uma capa para o mesmo livro da aula anterior, agora desvinculada de parâmetros objetivos e elaborada de acordo com a visão particular despertada pela leitura da história.
  • Lidar com demandas muito específicas, sem margem para distanciamentos criativos no resultado final. O terceiro exercício exige, portanto, que a capa do livro “Um coração simples” conte com o sobrenome do autor no maior tamanho possível, independentemente das outras escolhas gráficas.
  • Aprovação de projetos, trabalhando em condições que, muitas vezes, não são ideais em termos resultados e prazos. Para o quarto exercício, produza uma segunda versão da capa de livro anterior, adicionando a ela um caráter mais “tropical”.
  • Como lidar com as limitações técnicas, sejam elas de verba, prazo ou outros impedimentos. No quinto exercício, a proposta é produzir duas versões de capa para o livro de Flaubert, com a limitação de usar apenas uma cor em cada uma, nos papéis offset e silk.
  • O processo de produção como limitador do processo de criação e as funções narrativas ou soluções gráficas de um projeto. Como o sexto exercício, crie uma capa de livro baseada em um ou mais recursos de produção.
  • Como utilizar o poder de síntese para expressar um conceito. O sétimo exercício exige que a capa do livro não possua título ou nome do autor, sendo ilustrada apenas com uma imagem, que sintetize o que você julga necessário expressar em relação à história.
  • A importância de conhecer o público final para a definição de elementos que componham o projeto gráfico. Para o oitavo exercício, elabore a capa do livro utilizando códigos que se comuniquem com o público adolescente, na faixa etária de 13 a 16 anos.
  • A originalidade e a capacidade de ver potenciais significados em diferentes formas e combinações que outras pessoas não veem. No exercício desta aula, produza a capa do livro utilizando como referência algo que esteja vendo ao seu redor, produzindo novos significados para essas coisas.
  • Como ter um olhar crítico para o próprio trabalho, o que é fundamental para o desenvolvimento pessoal e profissional.

Design Gráfico

exercícios para elaboração de linguagem visual
Presentar
Categoria:
Falar com a Saibalá